EXCELÊNCIA EM
TECNOLOGIA DE MICROONDAS
 

 

| ESTUDOS

Tecnologia de Microondas Na Secagem de Madeira*
Aspectos técnicos e comerciais do sistema de secagem

A secagem da madeira é um dos pontos entre os que causam impactos na produção e comercialização deste produto de grande relevância para economia e imprescindível na construção civil, no setor moveleiro e em outros segmentos. Mesmo com os avanços tecnológicos, na prática a secagem ainda encontra pontos críticos que trazem problemas constantes aos madeireiros. Necessário se faz debater o assunto e avaliar novos conceitos que tragam evolução ao setor.

O desafio na secagem de madeira é retirar a sua umidade de forma adequada e em índices específicos para a sua conservação e utilização. O processo não deve causar impactos que possam agredir a estrutura e a natureza das árvores, acarretando grandes variações na madeira , provocando defeitos e prejudicando o valor final . Realizar uma boa secagem significa promover a melhor drenagem para manter a estabilidade dimensional do substrato e obter qualidade de maneira produtiva.

Para a equipe da Ghandehr, empresa que desenvolveu a tecnologia para tratamento de madeira por microondas e desenvolveu um sistema de secagem para utilização complementar nas estufas convencionais, os equipamentos para secagem artificial atualmente no mercado estão, em geral, baseados em projetos antigos, com tecnologia superada, operações inadequadas e procedimentos empíricos.

O engenheiro Oscar Gandofi, diretor técnico da Ghandehr e responsável pelo desenvolvimento do novo sistema, destaca as propriedades das microondas e a composição química da madeira para demonstrar as principais vantagens deste novo sistema de secagem.

Entre as características da ação das microondas, uma delas é o aquecimento do substrato de dentro para fora, o que gera o calor diretamente no núcleo da madeira. É um processo rápido e com possibilidades de ajustes de potência. A aplicação das microondas ocorre de forma homogênea, não havendo perda de energia para o ambiente. Uma propriedade importante da ação das microondas é a provocação do momento dipolo. É um fenômeno que age nas moléculas de um substrato e promove a inversão frequencial de polaridade. Isto significa a troca, alternadamente e a grandes velocidades, de sinais dos ions positivos e negativos dos componentes da madeira. Ocorrem, então, o alinhamento da estrutura lenhosa, o atrito entre as moléculas e o calor interno. Cria-se pressão osmótica, agindo como se fosse um êmbolo interno empurrando a água para a periferia. Estes fatores contribuem fortemente para a expulsão da água interna das fibras da madeira para a superfície, facilitando a drenagem e, assim, o processo de secagem. Resultado:melhor qualidade, menos perda de madeira.

Pode-se afirmar que o sistema promove grande estabilidade da madeira, reduzindo em até 80% os problemas de trincas e empenos. Há também eliminação de fungos, bactérias e insetos e maior retenção dos preservativos. Alem disto, o sistema permite a redução do custo de energia elétrica em até 42%".

Origem
Apesar de ser tecnologia relativamente recente no Brasil, o conceito inicial de uso das microondas não é tão novo. Desde a sua descoberta, os cientistas procuram aplicações para a área industrial das microondas. Processos como imobilização enzimática (em cereais), secagem, descongelamento e cozimento de alimentos, esterilização de frutas e equipamentos, cura de resinas sintéticas e outras aplicações estão sendo desenvolvidas nos últimos 50 anos. A secagem de madeira por microondas já é realizada em países da Europa, na Austrália e na Malásia. A Ghandehr desenvolveu o “Wawdry System” para tratamento e secagem, que está em aplicação no Brasil. A empresa considera que o maior desafio foi confeccionar um equipamento de alta produtividade com custos bem menores que aqueles de outros países.

Mesmo com todas as vantagens apontadas e constatadas por madeireiras que já implantaram o sistema, a secagem por microondas ainda não é muito conhecida pelos empresários do setor. Tecnologia nova, com novos procedimentos, pede mudanças de conceitos para a sua implantação. Uma das dúvidas mais freqüentes é se o sistema modifica as propriedades da madeira. A resposta é sim e as modificações são benéficas, pois o alinhamento das fibras ocasionado pela ação das microondas facilita o fluxo da água entre as fibras, agilizando a secagem, e simplifica a aplicação dos preservativos. Também é favorável na colagem de estruturas, pela maior ancoragem dos produtos aplicados. Outra questão bastante freqüente é quanto à segurança do equipamento e das operações. Segundo a empresa, este aspecto também foi levado a sério desde a elaboração do projeto dos componentes e do equipamento, até a sua construção, a instalação na fábrica do cliente e mesmo no treinamento que é dado aos operadores. Os equipamentos têm vários dispositivos que eliminam todos os riscos. O sistema da Ghandehr em funcionamento traz vantagens em sua implantação para todas espécies de madeira nativas.

*Texto elaborado a partir de artigo da Revista Referência, edição Setembro 2005, que relatou a palestra do Engenheiro Oscar Gandolfi no IBRAMEM - Instituto Brasileiro da Madeira e Estrutura de Madeira, da Escola de Engenharia de São Carlos /USP, em Agosto 2005.